Shopping Cart

5 Mitos associados ao Gin

Posted by Adamus Gin on

O gin é, sem dúvida, uma bebida envolta em algum mistério. Um exemplo disso são os seus inúmeros botânicos, que, por vezes, nem são revelados na sua totalidade. Ao longo do tempo, estes mistérios podem conduzir a ideias que nem sempre correspondem à realidade, mas não há que temer. Prepare o seu cocktail, sente-se confortavelmente e fique a conhecer alguns dos principais mitos associados a esta bebida.


Mito #1 - O gin é uma bebida de origem inglesa

 

Mito #2 - O gin não deve servir como acompanhamento da refeição

O gin é uma bebida muito mais versátil do que muitos imaginam. O bar é, sem dúvida, o cenário onde mais facilmente o encontraremos, mas, e como já demos a conhecer neste artigo, é cada vez mais comum harmonizar o gin com diversos pratos e petiscos. Os seus elementos cítricos combinam na perfeição, por exemplo, com marisco. E há também outras opções como o sushi ou as carnes maturadas. Até uma boa sobremesa pode ser um bom par para o gin, uma vez que este funciona também como digestivo. 

 

Mito #3 - Beber gin deixa-nos deprimidos

Os efeitos que o álcool tem no nosso corpo dependem de quanto e quão rápido bebemos e também, claro, das suas propriedades. Em quantidades ligeiras, o álcool melhora o nosso humor, fazendo-nos sentir mais desinibidos, e, em maior quantidade, actua como um depressor, exacerbando o nosso estado de espírito - faz-nos sentir ainda mais felizes se já estamos felizes e mais deprimidos se já não estamos nos nossos melhores dias.

Apesar de muitos acharem que o gin os pode deixar deprimidos, este facto não está comprovado - o gin pode dar-nos tanta vontade de chorar como qualquer outra bebida alcoólica.

 

Mito #4 - O gin só deve ser bebido frio

É óbvio que nenhum de nós quer beber um gin tónico morno, mas sabia que também pode beber o gin quente? O Hot Gin Punch é uma bebida cujas origens remontam ao século XVIII, quando o gin era aquecido durante os rigorosos invernos londrinos. A verdade é que esta tradição está a voltar, e há bons motivos para adotá-la: a temperatura acentua as notas botânicas do gin, tornando-o mais doce, floral e frutado. E há mais boas notícias: quase todos os tipos de gin podem ser aquecidos sem perder o seu sabor.

 

Mito #5 - O gin tónico previne a Covid-19

E agora, um mito que se espalhou de forma significativa nos últimos meses - será que a água tónica previne a Covid-19? A ideia espalhou-se porque a água tónica possui uma quantidade (ainda que residual) de quinino, uma substância com propriedades medicinais. A corrida aos supermercados para comprar água tónica começou porque o quinino pertence à ‘família’ da tão falada hidroxicloroquina, que já foi analisada como cura potencial para o coronavírus. No entanto, especialistas já vieram confirmar que nem em quantidades industriais a água tónica pode tratar a Covid-19. Deixe-a, então, para o que ela verdadeiramente serve - fazer deliciosos cocktails com gin.

image
Descubra o Adamus Dry Gin
A handcrafted premium gin from Portugal.
Find out more

Artigo Anterior Artigo Seguinte

Adicionar ao Carrinho